O nosso fundador Dr. Stanley escreveu para a revista Orto

O Dr. Miguel Stanley, o nosso fundador e um dos 100 melhores dentistas do mundo, acaba de mergulhar 

profundamente no debate actual e interessante: a Slow Dentistry® pode ser digital? O artigo que escreveu para a Ortho – International Magazine of Orthodontics, publicada pela Dental Tribune International, levanta questões importantes: Como uma das redes de medicina dentária que mais cresce no mundo, e que promove de forma consistente a medicina dentária tranquila e segura, qual é o papel da tecnologia digital e dos fluxos de trabalho na missão Slow Dentistry®? Ambos podem trabalhar em conjunto de forma harmoniosa? Será que um irá inadvertidamente acelerar o outro? É esse o objectivo?

Como explica o Dr. Miguel Stanley: “…nós entendemos que a tecnologia digital é uma parte crescente do fluxo de trabalho na prática da medicina dentária moderna. De facto, isto acelera as coisas e permite-nos fazer muito mais e com um maior grau de precisão.” Agora, isso não significa que os dentistas vão estar sempre a correr e a atender o maior número de pacientes possíveis. Pelo contrário, significa ter tempo e recursos para garantir os cuidados e um acompanhamento de qualidade aos pacientes e um processo de trabalho simplificado e sem stress para os profissionais.

No fundo, é esse o verdadeiro objectivo da Slow Dentistry®.

Artigo original: http://epaper.dental-tribune.com/dti/6076b7b854d31/#0 

Leave a Reply

Your email address will not be published.